Português English Español Français
Pesquisa

Vídeos

Cancro oral - Importância da prevenção e diagnóstico precoce

O Médico Dentista, pelo contacto regular com os seus doentes, encontra-se numa posição privilegiada para contribuir para a prevenção e diagnóstico precoce do cancro oral. Numa consulta de rastreio, procede-se ao exame visual e palpação de todas as estruturas orais e anexas à cavidade oral. Podem ainda ser solicitadas radiografias e outros exames complementares de diagnóstico. Quando uma lesão suspeita é observada, a biopsia da mesma poderá ser aconselhada, permitindo a obtenção de um diagnóstico histológico concreto.
A prevenção do cancro oral assenta, fundamentalmente, na adopção de um estilo de vida saudável, com a eliminação dos factores de risco, designadamente os hábitos tabágicos e alcoólicos. Por outro lado, devem ser realizadas visitas regulares ao Médico Dentista que permitam um diagnóstico precoce de lesões potencialmente malignas. Note-se que, quando diagnosticado precocemente, a percentagem de sobrevivência ao fim de 5 anos pode atingir os 90%. Contudo, nos estádios mais avançados, as taxas de mortalidade ultrapassam os 60%.


© 2014 Todos os direitos reservados - Instituto de Implantologia