Português English Español Français
Pesquisa

Implantologia - Novas técnicas

Número de implantes

O número de implantes não é necessariamente igual ao número de dentes a substituir. A reabilitação de vários dentes ausentes pode ser feita com um número mínimo de implantes que assegure um bom resultado estético e funcional.

Na reabilitação do desdentado total, com substituição de todos os dentes, o número de implantes é uma questão bastante controversa.

A opção de colocar 4, 6 ou 8 implantes está directamente relacionada com diversos factores, dos quais de destacam a quantidade e qualidade do osso. Apesar de alguns clínicos defenderem a colocação indiscriminada de 4 implantes para a reabilitação dos maxilares, esse número poderá ser insuficiente e deverá ser apenas utilizado em algumas situações. Se no maxilar inferior (constituído por osso de boa qualidade) 4 implantes são geralmente suficientes, no maxilar superior (em que a qualidade óssea é inferior) 4 implantes deverão ser vistos como uma solução a usar apenas em situações de compromisso, pelo que é imperativo perceber a especificidade de cada paciente.

       



  

  

 

Porque em Medicina cada caso é um caso, apenas com um rigoroso diagnóstico clínico e radiográfico, poderá ser determinado o tipo de reabilitação e o número de implantes a ser colocado.

Assim, no Instituto de Implantologia®, as decisões clínicas são baseadas em rigorosos critérios científicos que nos possibilitam oferecer soluções estéticas e duradouras, minimizando os riscos que soluções indiscriminadas acarretam para os pacientes.

© 2014 Todos os direitos reservados - Instituto de Implantologia